Os pacientes de planos de saúde que não forem atendidos, em caso de emergência ou urgência, poderão ser indenizados por danos morais. A proposta foi aprovada nesta quarta-feira (29.02) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, presidida pelo senador Jayme Campos (DEM-MT).
 
Pelo projeto aprovado na CAS, de autoria do senador licenciado Eduardo Amorim (PSC-SE), casos que representem risco de vida, lesões irreparáveis, casos de urgência por acidentes e complicações na gestação serão enquadrados na nova lei, que agora será votada em decisão terminativa pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Casa.
 
Jayme Campos ressaltou a importância da proposta aprovada, neste momento em que a CAS debate as deficiências na saúde pública e as denúncias constantes contra planos de saúde. “O brasileiro precisa ser respeitado e o direito à saúde e ao atendimento médico deve ser garantido. Acompanhamos casos recentes de mortes por falta de atendimento, o que não podemos admitir nos dias de hoje”, defendeu o presidente da Comissão.
 
Polêmica sobre a Internação compulsória – Os senadores da CAS ainda não chegaram a um consenso sobre o projeto (PLS11/10) do senador Demóstenes Torres (DEM-GO) que altera a Lei das Drogas (Lei 11.346/06) e prevê pena de detenção ou tratamento especializado para os dependentes de drogas.
 
O relatório da senadora Ana Amélia (PP-RS) causou polêmica e foi retirado da pauta, apesar das mudanças no texto original, apresentadas em forma de substitutivo. A chamada internação compulsória gerou muita discussão entre os senadores. “A questão das drogas é uma doença e não uma questão de segurança pública”, alegou o senador Humberto Costa (PT-PE), ex ministro da Saúde.
 
Em audiência pública sobre o tema na CAS, o autor defendeu o projeto e explicou que a proposta não tem a finalidade de levar usuários à prisão, mas de dar ao juiz a possibilidade de aplicar uma pena, uma vez que a lei atual apresenta apenas meras recomendações. Na avaliação do senador Demóstenes Torres, a lei atual é inconstitucional, por criminalizar condutas associadas a drogas e não prever punição.
 
A relatora Ana Amélia tentou uma alternativa, propondo a retirada dos artigos e pontos mais polêmicos do texto, mas os integrantes da Comissão decidiram elaborar um texto conjunto para que possa ser aprovado.
 
Jayme Campos lembrou que a Reforma Psiquiátrica mudou o modelo de atendimento, mas não há médicos especializados para atender os pacientes.“Atualmente, a dependência química é uma grave problema de saúde pública, mas não há hospitais especializados para acolher estas pessoas”, reclamou Jayme Campos, citando o estado de Mato Grosso.

Últimas Notícias

CAS aprova indicado para a Agência Nacional d…

07-12-2016 Agência Senado

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou nesta quarta-feira (7) a indicação de Leandro Fonseca da Silva para o cargo de diretor da Agência Nacional da Saúde Suplementar (ANS), na...

Leia mais

ANS suspende venda de 69 planos de saúde

02-12-2016 Com informações da ANS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou a suspensão da comercialização de 69 planos de saúde de 11 operadoras, como resultado do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento...

Leia mais

É preciso reduzir desperdícios e encontrar so…

01-12-2016 Revista Cobertura

Uso excessivo de médicos e pedidos de exames exagerados mostram que é preciso informar o consumidor de saúde suplementar para que ele saiba escolher e usar seu plano de saúde...

Leia mais

Uma boa virada da ANS

28-11-2016 Capitolio Consulting

Roberto Parenzi No dia de ontem, 29.11.16, acompanhamos um evento promovido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), mais especificamente pela Diretoria de Fiscalização, denominado de “Debates Regulatórios”. Com participação de grande...

Leia mais

Plano de saúde pode ter reajuste conforme fai…

25-11-2016 Revista Consultor Jurídico

Mensalidades de plano de saúde individual ou familiar podem ser reajustadas de acordo com a faixa etária do beneficiário, desde que o aumento obedeça a três regras: tenha previsão contratual...

Leia mais

Fuga dos planos de saúde força estrutura dos …

25-11-2016 Fehosp/Estado de Minas

Com reajuste de preços de 1,07%, em média, neste mês, os planos de saúde ganharam grande destaque entre os vilões do custo de vida, medido pelo Índice Nacional de Preços...

Leia mais

Saúde suplementar passa pela pior crise em 25…

24-11-2016 Femipa

Especialistas e autoridades discutem meios de tornar os planos de saúde viáveis no futuro Num cenário de redução de 1,5 milhão de beneficiários em 12 meses, fechados em setembro, 290 mil...

Leia mais

Fehosp debate reajustes dos planos coletivos …

21-11-2016 Lenir Camimura

Estão abertas as inscrições para a XII Reunião do Comitê de Saúde Suplementar da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (Fehosp), que será realizada...

Leia mais

A conta indigesta da judicialização da saúde

18-11-2016 Capitólio Consulting

Dagoberto J.S. Lima Com uma ação para cada dois habitantes, o Brasil é o campeão mundial de processos na Justiça. Na saúde não é diferente. A judicialização tornou-se o caminho mais...

Leia mais

Projeto aumenta em 43% taxa de partos normais…

17-11-2016 Agência Brasil

Um projeto da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) conseguiu aumentar em 43% a taxa de partos normais em 35 hospitais particulares de 11 estados. Entre os nascimentos nessas instituições...

Leia mais

Cresce número de brasileiros que perderam o p…

16-11-2016 Jornal da Globo

Crise e desemprego são principais responsáveis por esse aumento.Em 12 meses, 1,4 milhão de pessoas deixaram de ter convênio médico. Um aspecto preocupante da crise é o crescente número de brasileiros...

Leia mais

Dinâmica de custos e formação de preços na Sa…

15-11-2016 SEGS

Profissionais da FenaSaúde expõem essas questões em artigo da Revista Brasileira de Risco e Disseminar informações relevantes sobre a Saúde Suplementar é um dos objetivos da Federação Nacional de Saúde...

Leia mais

Notícias ANS

USUÁRIOS

LOCAIS DE ATENDIMENTO

Clique aqui e encontre a localidade mais próxima utilizando a lista de Estados.

COBERTURA

Informações sobre a cobertura da Rede Saúde Filantrópica

FUNCIONAMENTO

Informações sobre o funcionamento do sistema e o acordo das Operadoras de Planos Privados de Assistência à Saúde, associadas à Rede Saúde Filantrópica

OBSERVAÇÕES

Observações para a realização de internações e serviços auxiliares de diagnóstico e terapia eletivos.

COBRANÇA DAS CONTAS

Informação sobre o faturamento das contas

TABELA A SER USADA

Informações sobre a tabela a ser utilizada pela Operadora que prestou o atendimento