Os pacientes de planos de saúde que não forem atendidos, em caso de emergência ou urgência, poderão ser indenizados por danos morais. A proposta foi aprovada nesta quarta-feira (29.02) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, presidida pelo senador Jayme Campos (DEM-MT).
 
Pelo projeto aprovado na CAS, de autoria do senador licenciado Eduardo Amorim (PSC-SE), casos que representem risco de vida, lesões irreparáveis, casos de urgência por acidentes e complicações na gestação serão enquadrados na nova lei, que agora será votada em decisão terminativa pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Casa.
 
Jayme Campos ressaltou a importância da proposta aprovada, neste momento em que a CAS debate as deficiências na saúde pública e as denúncias constantes contra planos de saúde. “O brasileiro precisa ser respeitado e o direito à saúde e ao atendimento médico deve ser garantido. Acompanhamos casos recentes de mortes por falta de atendimento, o que não podemos admitir nos dias de hoje”, defendeu o presidente da Comissão.
 
Polêmica sobre a Internação compulsória – Os senadores da CAS ainda não chegaram a um consenso sobre o projeto (PLS11/10) do senador Demóstenes Torres (DEM-GO) que altera a Lei das Drogas (Lei 11.346/06) e prevê pena de detenção ou tratamento especializado para os dependentes de drogas.
 
O relatório da senadora Ana Amélia (PP-RS) causou polêmica e foi retirado da pauta, apesar das mudanças no texto original, apresentadas em forma de substitutivo. A chamada internação compulsória gerou muita discussão entre os senadores. “A questão das drogas é uma doença e não uma questão de segurança pública”, alegou o senador Humberto Costa (PT-PE), ex ministro da Saúde.
 
Em audiência pública sobre o tema na CAS, o autor defendeu o projeto e explicou que a proposta não tem a finalidade de levar usuários à prisão, mas de dar ao juiz a possibilidade de aplicar uma pena, uma vez que a lei atual apresenta apenas meras recomendações. Na avaliação do senador Demóstenes Torres, a lei atual é inconstitucional, por criminalizar condutas associadas a drogas e não prever punição.
 
A relatora Ana Amélia tentou uma alternativa, propondo a retirada dos artigos e pontos mais polêmicos do texto, mas os integrantes da Comissão decidiram elaborar um texto conjunto para que possa ser aprovado.
 
Jayme Campos lembrou que a Reforma Psiquiátrica mudou o modelo de atendimento, mas não há médicos especializados para atender os pacientes.“Atualmente, a dependência química é uma grave problema de saúde pública, mas não há hospitais especializados para acolher estas pessoas”, reclamou Jayme Campos, citando o estado de Mato Grosso.

Últimas Notícias

ANS regulamenta compartilhamento de gestão de…

08-12-2017 ANS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) regulamentou parâmetros para o compartilhamento de gestão de riscos entre operadoras de planos de saúde. A medida visa trazer segurança jurídica para contratantes...

Leia mais

Começa a valer a suspensão da venda de 31 pla…

08-12-2017 Portal G1

Planos pertencem a 10 operadoras. Entre as queixas estão negativas e demora no atendimento. A partir desta sexta-feira (8), estão suspensas as vendas de 31 planos de 10 operadoras, de acordo...

Leia mais

ANS publica nova norma para compartilhamento…

08-12-2017 O Estado de S.Paulo

O compartilhamento de riscos entre operadoras de planos de saúde, algo já usado em cooperativas do setor, como as Unimeds, terá regulamentação própria. A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)...

Leia mais

Reguffe critica empresas que se recusam a ven…

07-12-2017 Agência Senado

O senador Reguffe (sem partido-DF) cobrou, nesta quinta-feira (7), uma atitude da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) em relação às operadoras de planos de saúde que se negam a...

Leia mais

ANS debate modelos de remuneração com operado…

07-12-2017 ANS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) recebeu representantes de operadoras de planos privados de saúde, de sociedades médicas e entidades representativa de profissionais de saúde, bem como prestadores de...

Leia mais

AGU defende no Supremo que planos de saúde pa…

05-12-2017 AGU

Os valores gastos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) com internações de pessoas que deveriam receber tratamento na rede hospitalar privada em virtude da contratação de planos de saúde devem...

Leia mais

Entidade questiona mudança de local de incidê…

03-12-2017 Conjur

A Confederação Nacional de Saúde, Hospitais e Estabelecimentos e Serviços (CNS) questionou, via arguição de descumprimento de preceito fundamental no Supremo Tribunal Federal, as novas regras para a tributação dos...

Leia mais

Projeto sobre planos de saúde ainda em anális…

03-12-2017 SEGS

Há uma enorme pressão para a saúde suplementar absorver mais pacientes. Todos os pontos em discussão são relevantes e a grande questão é como fazer para aumentar a rentabilidade do...

Leia mais

Relator retira parcelamento de reajuste dos p…

02-12-2017 Voz do Brasil

A mudança no texto que altera a atual Lei dos Planos de Saúde adiou a votação do relatório O relator da proposta que altera a atual Lei dos Planos de Saúde...

Leia mais

Martha Oliveira é a nova Diretora Executiva d…

01-12-2017 Anahp

Martha Regina Oliveira é a nova Diretora Executiva da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp). A partir do dia 1 de dezembro, Martha assumirá a liderança da associação, se reportando...

Leia mais

Relator da Comissão Especial dos Planos de Sa…

01-12-2017 Rádio Câmara

Proposta em análise na Câmara faz mudanças no funcionamento das operadoras de saúde no país. O parecer será votado no dia 13 de dezembro O deputado Rogério Marinho, do PSDB do...

Leia mais

Taxa de ressarcimento ao Sistema Único de Saú…

30-11-2017 Conjur

Por Heleno Taveira Torres Encontra-se na pauta do Supremo Tribunal Federal o julgamento sobre o chamado “ressarcimento ao Sistema Único de Saúde (SUS)”, previsto no artigo 32 da Lei 9.656/98, que...

Leia mais

Notícias ANS

USUÁRIOS

LOCAIS DE ATENDIMENTO

Clique aqui e encontre a localidade mais próxima utilizando a lista de Estados.

COBERTURA

Informações sobre a cobertura da Rede Saúde Filantrópica

FUNCIONAMENTO

Informações sobre o funcionamento do sistema e o acordo das Operadoras de Planos Privados de Assistência à Saúde, associadas à Rede Saúde Filantrópica

OBSERVAÇÕES

Observações para a realização de internações e serviços auxiliares de diagnóstico e terapia eletivos.

COBRANÇA DAS CONTAS

Informação sobre o faturamento das contas

TABELA A SER USADA

Informações sobre a tabela a ser utilizada pela Operadora que prestou o atendimento